• White Instagram Icon
  • White Facebook Icon
  • White Twitter Icon

© 2023 por A Rede. Orgulhosamente criado com Wix.com

17 de Maio de 2019 na UFPE , em Recife.

O objetivo geral do evento é atrair para um mesmo espaço e tempo o conjunto de pessoas interessadas em entender melhor as oportunidades de interseção, apresentadas e discutidas por 5 pesquisadores destas três áreas do conhecimento. Não custa apostar que a partir desta oportunidade surgirão férteis e longevas parcerias, de destaque internacional.

Os esforços para entender o sistema nervoso tem recebido atenção de diversas áreas do conhecimento, que paulatinamente se organizam de maneira a definir uma nova ciência, intrinsecamente multidisciplinar: a Neurociência. Esperamos neste evento poder aproximar um pouco mais algumas comunidades regionais que são referências em suas respectivas áreas do conhecimento: Neurociência, Física e Engenharia Biomédica.

 
Instituto do Cérebro, UFRN
Anderson Gomes
Doutorado em Física no Imperial College of Science, Technology and Medicine, University of London (1986), e pós-doutorado na Brown University (1992). É Professor Titular no Departamento de Física da UFPE. Suas atividades científicas são na área de nanofotônica, biofotônica, óptica não linear e comunicações ópticas. É também membro da Sociedade Brasileira de Física, da Sociedade Brasileira para o Progresso da Ciência, da SPIE e da IEEE. Atuou em comitês científicos no CNPq, FACEPE e CAPES. Foi membro do CA-CNPq, do Conselho Superior da FACEPE e coordenou a área de Física e Astronomia da CAPES de 2008 a 2010. Em 2010, foi admitido na Ordem Nacional do Mérito Científico, Classe Comendador na área de Ciências Físicas (Decreto de 27 de dezembro de 2010). Em 2010, atuou como Secretário de Estado de Ciência, Tecnologia e Meio Ambiente de Pernambuco, e foi Secretário de Educação de Pernambuco, no periodo de Janeiro de 2011 a Dezembro de 2012. É membro designado do Conselho Técnico Cientifico de Educação Básica da CAPES ( a partir de 2015). Foi eleito membro titular da Academia Brasileira de Ciências em Dezembro de 2015. 
Antonio Azevedo
Doutorado em Física pela Universidade Federal de Pernambuco (1991) e Pós-doutorado no Data Storage Systems Center, Carnegie-Mellon University (1992-1994). Atualmente é professor Titular do Departamento de Física da Universidade Federal de Pernambuco. Desenvolve pesquisas na área de Magnetismo e Materiais Magnéticos com ênfase em fenômenos magnéticos que ocorrem em estruturas confinadas. Estruturas simples, como filmes e multicamadas magnéticas, que possuem uma de suas dimensões reduzidas, apresentam inúmeros fenômenos não existentes em materiais volumétricos. O estado da arte hoje é investigar fenômenos e processos magnéticos em estruturas de dimensões nanométricas que apresentem confinamento nas 3 dimensões, por exemplo: fios, discos, anéis, etc. Devido às dimensões reduzidas destas estruturas alguns efeitos quânticos se manifestam mais facilmente. Efeitos de transporte de carga com polarização de spin ou mesmo transporte de spin sem transporte de carga, têm levado à descoberta de fenômenos cada vez mais fascinantes.
Neuromat, USP
Celso Melo
Doutor em Física (1980) pela Universidade da Califórnia em Santa Bárbara. No ano de 1986-1987 foi Fulbright Senior Visiting Scholar junto ao Departamento de Ciência de Materiais do Massachusetts Institute of Technology (MIT), em Cambridge, EUA. Professor Titular da UFPE, em seu grupo de pesquisas desenvolve linhas de trabalho experimentais voltadas para a preparação de amostras de polímeros condutores e multicamadas orgânicas, e medida de propriedades de transporte de filmes poliméricos e sua caracterização espectroscópica. Tem implementado novos métodos de caracterização dielétrica de moléculas biológicas e de amostras poliméricas obtidas a partir de emulsões coloidais. Identificou a existência do efeito ELINOR, a luminescência exacerbada em nanocompósitos metal/(polímero condutor) e, com a colaboração de pesquisadores das áreas de saúde e biológicas, tem procurado estudar o comportamento de proteínas e o uso de nanocompósitos poliméricos como marcadores para diagnóstico clínico molecular.
Mauro Copelli
Mauro Copelli possui graduação em Física (Bacharelado) pelo Instituto de Física da Universidade de Sao Paulo (1992), mestrado em Física pelo Instituto de Física da Universidade de Sao Paulo (1995) e doutorado em Física pelo Limburgs Universitair Centrum (1999, atualmente Hasselt University). Atualmente é professor associado 4 da Universidade Federal de Pernambuco. Tem experiência na área de Física, com ênfase em Física Estatística, atuando principalmente nos seguintes temas: Neurociência Computacional, sistemas fora do equilíbrio e Dinâmica Não-Linear.
Champalimaud Centre for Unknown
Richardson Leão
Possui graduação em Medicina pela Universidade Federal de Uberlândia (2000) e doutorado em Neurociências - Australian National University (2005). Fez pós-doutorado na Australian National University (2006-2007) e no Karolinska Institutet (2008-2010). Atualmente é Professor Adjunto em Neurociências e Psicobiologia da UFRN. Coordena o laboratório de Neurodinâmica do Instituto do Cérebro da UFRN. O Laboratório de Neurodinâmica trabalha na decodificação padrões de atividade dos neurônios e compartimentos neuronais, com registro in vitro e in vivo de oscilações usando imagem de corantes sensíveis a voltagem com registros patch-clamp simultâneo. Além disso, têm desenvolvido uma técnica de imagem de sensores de voltagem codificados geneticamente.
Sergio Neuenschwander
Possui doutorado em Neurociências pela Universidade Pierre et Marie Curie, Paris, França, e pós-doutorado no Instituto Max-Planck for Brain Research, Frankfurt, Alemanha. Investigador principal no Instituto Max-Planck (1998-2010). Atualmente é Professor Titular de Neurociências na Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN) e chefe de laboratório no Instituto do Cérebro - UFRN (grupo de pesquisa Vislab). Tem experiência na área de neurofisiologia, registros com eletródios-múltiplos da retina e do córtex, estudos de comportamento em primatas, atuando principalmente nos seguintes temas: "mecanismos da percepção visual", "processos da atenção e expectativa temporal", "dinâmica de oscilações neuronais". Interesse em artes relacionadas a imagem em movimento.

08:30 Opening

09:00 What did the hippocampus say about the ringing ears?. Richardson Leão, Brain Institute/UFRN

09:50 Neurophotonics: exploiting non-invasive optical techniques to study brain functions. Anderson Gomes, DF/UFPE

10:40  NanoBio Convergence: Use of Polymeric Membranes and Nanocomposites in Molecular Biology. Celso Melo, DF/UFPE

11:30  Roundtable discussion: Opto-opportunities

12:00 Lunch 

14:30 Anticipated synchronization and criticality in the brain. Mauro Copelli DF/UFPE 

15:40 Break

16:00 Mind the map! How cortical layout may account for gamma oscillations. Sergio Neuenschwander, Brain Institute/UFRN

17:30 Closing

Este seminário é uma realização da Universidade Federal de Pernambuco, com o apoio e organização dos seguintes programas:
  • Programa de Pós-graduação em Engenharia Biomédica;
  • Programa de Pós-graduação em Física;
Comissão organizadora -UFPE
Italo Ivo Lima Dias Pinto
Leandro Álvaro de Alcântara Aguiar
Mauro Copelli Lopes da Silva      
Nivaldo Antonio Portela de Vasconcelos
Pedro Valadão Carelli
Alunos voluntários
Helena Christina Piuvezam de Albuquerque Bastos
Maria Clara Zovka Lemos
Thaís Feliciano Silva
Tawan Tayron Andrade de Carvalho
DF-UFPE
A sua participação geral neste evento será registrada através de uma pré-inscrição. No dia do evento sua inscrição será confirmada com a sua presença. 
A quantidade de vagas está sujeita a lotação da sala de seminários. 
O evento será realizado nas instalações da Universidade Federal de Pernambuco, no campus de Recife.
Auditório do Departamento de Física
Centro de Ciências Exatas e da Natureza - CCEN
Av. Prof. Moraes Rego, 1235 Cidade Universitária, Recife - PE CEP: 50670-901
 
 
 
 
This site was designed with the
.com
website builder. Create your website today.
Start Now